Mercado Consignado

Queda de juros faz crédito consignado virar solução!

Postado em : 04/09/2019

No início do mês de agosto começaram a valer as novas taxas Selic, a partir de mudanças no Copom (Comitê de Política Monetária). 

A redução da taxa básica de juros de 6,5% para 6% ao ano, os bancos prometem repassar essa diminuição aos clientes em linhas de crédito, e o consignado só tem a ganhar com essa nova política de redução.

Hoje, as taxas de crédito pessoal e consignado, em algumas das principais linhas utilizadas, variam de 0,88% ao mês a 2,99% ao mês em bancos tradicionais, segundo dados avaliados pelas instituições. 

Os juros do cartão de crédito convencional e do cheque especial tinham taxas de 300,1% 322,2%, respectivamente, em junho de acordo com a média do BC. Em comparação ao nosso cartão de crédito consignado, que possuem juros com opção de saque, bem mais em conta, e que não passam de 3% ao mês. 

(OS juros variam de acordo com instituições financeiras e condições do crédito solicitado). 

Juros menores!

As taxas de juros consignados são as mais baixas entre todas as modalidades, e as parcelas são debitadas diretamente da folha de pagamento pela empresa e repassada ao banco.